S*

Abril 05 2010

Hey =)

 

Para a minha querida Carla =)

 

*Editado: Quem quiser um texto que deixe 5 palavras nos comments ^^*

 

bj S*

 

 

Costumavas fazer parte dos meus sonhos, mesmo que eu não o soubesse; Eu queria alguém como tu na minha vida, mas simplesmente não tinha noção que coisas dessas existiam fora dos meus sonhos; Príncipes encantados. Eu não preciso de estar a dormir para poder sonhar; e tu eras a prova disso. Tu eras o meu sonho vivo.

                Na realidade, acho que tudo começou naquele dia de Verão. Lembro-me como se fosse ontem, o oceano á beira do qual eu passava os dias estendia-se à minha frente, resplandecendo com a sua intensa cor azul. Eu sentava-me no pequeno porto de madeira, com os pés a roçar levemente a água. De olhos fechados sentia o aroma de maresia no ar, e não se ouvia um único som, excepto as ondas e o vento. Adorava aquele ambiente. Depois apareceste, e com os teus passos leves a ranger as tábuas do velho porto estragaste o meu momento perfeito. Só que quando olhei para ti, não quis saber.

                Sentaste-te e começaste a falar comigo. Sei que ao início não pensei ser real, pensei que sonhava outra vez, mas o teu sorriso era demasiado humano para ser um sonho. Era diferente do que eu sentia quando sonhava. As cores estavam mais brilhantes, os aromas mais fortes, os sentimentos demasiado assustadores; Ensinaste-me a amar, nesse dia, e com a tua ajuda eu percebi que era a coisa que me deixava mais feliz; Foi o dia em que senti os teus lábios suaves sobre os meus. E apenas soube que queria mais, que te queria ver mais, que te queria abraçar mais e que queria que fosses parte de mim; Quando nos despedimos foi o momento mais triste da minha jovem vida; mas tu prometeste que no dia seguinte aparecerias ali para estarmos juntos outra vez.

                E eu voltei, durante o resto do Verão, sempre com as pontas dos pés molhadas pelas ondas. Usava o meu vestido branco favorito sempre que podia, na esperança de que me visses com ele, mas nunca chegaste a aparecer outra vez. E eu chorava. Perguntei-me se não era melhor ter ficado na ignorância e nunca te ter conhecido, porque aquele mísero dia que passámos juntos mudou a minha vida. E eu fiquei apenas com uma certeza:

                Um dia o oceano vai deixar de ser salgado; e esse vai ser o dia em que eu terei deixado de chorar por ti.

publicado por sofy20 às 01:39

mais sobre mim
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO